Mais conforto e mais acessibilidade: uma nova casa para o Legislativo

por Eduardo Maia — publicado 02/06/2017 21h00, última modificação 28/09/2017 12h22

A Câmara Municipal de Entre Rios de Minas terá novo endereço ainda este ano. Com uma proposta de oferecer mais conforto e acessibilidade aos cidadãos, o edifício Arnaldo de Oliveira Resende abrirá suas portas à população.

Compreendendo uma área de 804,9 m², divididos em três andares, o novo prédio está localizado na esquina entre a Avenida Dr. José Gonçalves da Cunha e a Rua Comendador Pena. O local oferecerá maior visibilidade ao Poder Legislativo, com fácil acesso pelo Centro.

A proposta de construção do novo prédio teve início em 2013, quando o então presidente da Câmara, Antônio Maia de Freitas, o Toninho Militão, assumiu o desafio de iniciar a obra para abrigar a nova sede para o legislativo. A partir de 2015, as obras foram conduzidas pela Construtora HRV, que continua à frente do projeto e seguirá até a sua finalização.

Como um dos primeiros atos à frente da Mesa Diretora da Câmara, o presidente Franklin William autorizou a retomada das obras, efetuando o pagamento de R$ 60 mil, para colocar o prédio em funcionamento este ano.

“Temos o compromisso de entregar à nossa cidade esse espaço, que beneficiará e muito à população de Entre Rios de Minas”, afirma.

O engenheiro civil João Paulo de Castro Corrêa, pós-graduado em estruturas de concreto e fundações, foi contratado para assumir a construção. Segundo ele, a obra se encontra muito adiantada, com cerca de 80% do acabamento já finalizado.

“Será necessário agora atender aos requisitos do Corpo de Bombeiros, instalando um hidrante e o reservatório de água. Além disso, será preciso fazer o cabeamento de informática e alguns acréscimos. Para isso, já estamos revendo os aditivos a fim de terminar a obra”, afirma.

Após o término da construção do novo prédio, a Câmara passará para a segunda etapa, referente à mobília do plenário e das salas. A preocupação é que seja um local confortável e funcional, principalmente para a população. "Pretendemos abrir espaço para a utilização do nosso plenário para cursos e eventos públicos que envolvam a nossa comunidade", revela o presidente.

error while rendering plone.comments